Fale Conosco:
(55) 3314-1315 | 9961-3595 | grokker@grokkeronline.com | linkeding youtube youtube

Afinal, para que serve o RH?

Afinal, para que serve o RH?

Você já deve ter ouvido falar inúmeras vezes sobre RH (recursos humanos), mas você sabe o que ele é exatamente, qual sua importância e responsabilidades dentro de uma organização?

O termo RH é bastante utilizado no meio corporativo e também é conhecido como Gestão de Pessoas, Gestão de RH, Administração de Recursos Humanos, etc.

Independente de como é chamado, pois pode variar de acordo com a empresa, entende-se por RH, uma associação de habilidades e métodos, políticas, técnicas e práticas definidas com objetivo de administrar os comportamentos internos e potencializar o capital humano. Tem por finalidade selecionar, gerir e nortear os colaboradores na direção dos objetivos e metas da empresa.

O RH também pode se referir à totalidade de colaboradores que compõem a organização, normalmente referidos como os “recursos humanos” ou “capital humano” da empresa. E o departamento de RH é o setor responsável por gerenciar as práticas que regem as relações entre os colaboradores e a empresa, ou seja, o RH está focado em todos os tipos de questões relacionadas às pessoas dentro de uma organização.

A área de RH evoluiu muito ao longo dos anos, migrou de um modelo de gestão voltado para as questões burocráticas, preocupado em gerir folha de pagamento, admissão, recisão, para um modelo de Gestão Estratégica, onde as pessoas são consideradas o principal ativo da organização e peças chaves para o sucesso desta. Se antes esta área se envolvia apenas com os processos administrativos formais, hoje ela tem um papel muito importante nas organizações. Um papel estratégico.

Ainda existem empresas, principalmente de pequeno porte, que não evoluíram para o RH estratégico e ainda focam suas atividades no departamento pessoal. Porém à medida em que a empresa cresce, aumenta o quadro de colaboradores e os desafios com relação as pessoas, torna-se essencial ter um setor e um profissional responsável por ele, que pense o RH de forma estratégica, principalmente para a empresa manter-se competitiva e atingir seus objetivos.

Uma das principais funções do RH é alinhar as políticas de gestão de pessoas com a estratégia da organização, atuando como ponte entre os funcionários e a empresa. Sendo assim, o RH precisa ter uma visão sistêmica, olhando o processo como um todo e se assegurando de que as atividades realizadas contribuam para o funcionamento da empresa e o desenvolvimento pessoal dos funcionários.

O setor de RH tem a responsabilidade de realizar muitas atividades, entre elas: recrutamento e seleção de colaboradores, treinamento e desenvolvimento, cargos e salários, comunicação interna, atração e retenção de talentos, segurança do trabalho, saúde ocupacional, rotinas de departamento pessoal, gestão da cultura e do clima organizacional, etc. Sem esquecer da participação ativa nas reuniões, planejamento estratégico e decisões juntamente com a direção.

Dependendo do porte da empresa, estas atividades são divididas por setores, por exemplo: setor de recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, departamento pessoal, etc… pois dependendo do número de colaboradores e demanda da empresa, torna-se necessário uma equipe trabalhando o RH, como vemos atualmente em diversas empresas. Outras empresas também costumam terceirizar algumas atividades do RH, contratando uma empresa de consultoria para desenvolver alguns trabalhos.

Mas o que é exatamente ser um RH Estratégico?

Ser um RH ESTRATÉGICO é fazer parte do negócio, é fazer parte das decisões cruciais da empresa, é conhecer o mercado (clientes, fornecedores, concorrentes), é atuar como parceiro dos clientes internos, entendendo a necessidade de cada um e provendo soluções que gerem valor para a empresa, através de pessoas preparadas, motivadas e engajadas, em todos os níveis. Para isso, o RH precisa ser participativo, dinâmico, conhecedor do negócio da empresa e, para tornarem-se estratégicos os profissionais de RH precisam desenvolver estas competências.

O profissional de RH precisa estar constantemente atualizado e preparado para enfrentar os desafios que surgem ao lidar com as pessoas e organizações. Necessita ter inúmeras competências, bem como conhecimento a respeito das relações humanas, mercado corporativo, economia, negócio, gestão, administração, etc.

Atualmente o profissional de RH está sendo cada vez mais requisitado nas organizações e, consequentemente, mais valorizado em termos profissionais e financeiros. Isso é ótimo!

Por outro lado, podemos dizer que praticamente nenhuma universidade “prepara” 100% o aluno para trabalhar no RH. Normalmente para este tema há uma ou talvez duas disciplinas durante toda a graduação. Nesse caso, as pessoas que desejam atuar nesta área necessitam buscar o conhecimento “fora”, como em cursos tecnólogos, cursos de pós-graduação, cursos de qualificação focados na área de RH, etc. E para quem já atua na área também, pois precisa estar constantemente qualificando-se, visto que o RH está sempre evoluindo e em transformação.

Como vimos, quem acha que é simples trabalhar com RH está muito enganado. Eu diria que é bastante complexo, porém extremamente gratificante.

Quer saber se o RH da sua empresa atua estrategicamente? Confira o próximo artigo do Blog!

Até mais!

24 Março 2015 Escrito por 

Itens relacionados (por tag)

Comentários