Fale Conosco:
(55) 3314-1315 | 9961-3595 | grokker@grokkeronline.com | linkeding youtube youtube

Mostrando itens por tag: inovação

Inovar ou "queimar o filme"?

26 Setembro 2018
Publicado em Blog

Você certamente já ouviu falar ou lembra-se da Kodak, a maior empresa de fotografia que já existiu. A empresa famosíssima e até hoje muito conhecida pelo seu sucesso no passado, acabou falindo em 2012 por falta de inovação, e embora esteja de volta com novas inciativas, a companhia não chega nem perto do que já foi no passado.

Que é mais cômodo não se arriscar e continuar na mesma rotina acredito que ninguém discorda. Mas como dizia Peter Drucker, o “Pai da Administração” e fundador da Teoria da Administração, “mais arriscado que mudar é continuar fazendo a mesma coisa”. Ele sempre procurou novas formas para ajudar a melhorar o mercado, e as organizações. Um exemplo de Drucker nas organizações é o foco das empresas em compreender suas qualidades, diferencias, e aperfeiçoá-las para usarem como vantagens competitivas.

A inovação é uma das vantagens competitivas no mercado, é o que mantém as empresas vivas. Se a sua empresa não inova, provavelmente outra companhia virá e tomará seu lugar. A Kodak, então, é um grande exemplo disto. Nos anos 70, ela chegou a ser praticamente dona das vendas de câmeras e filmes fotográficos. Nesta mesma década, ela inventou a câmera digital e foi quase líder neste mercado.

Porém, esta mesma invenção, por falta de inovação, foi o motivo da sua falência. Por medo de arriscar, pois previam que a câmera digital iria prejudicar a venda dos filmes (onde seu lucro era alto e havia grande demanda), eles pararam de produzir. Anos depois, as câmeras digitais começaram a aparecer e fizeram sucesso, e isso acabou quebrando a Kodak. Ela até lançou novamente câmeras digitais, mas seu nome não era mais popular como antes, isso porque o mundo não para nunca e o mercado evolui todos os dias. Pessoas correm atrás de especializações, empresas da inovação, e os consumidores do diferente, do melhor, da qualidade e de um adequado custo-benefício.

Essa história real ratifica o pensamento de Drucker, que nos mostrou que tanto empresas como funcionários, devem evoluir todos os dias. Se uma empresa vive na mesmice ou anda num ritmo abaixo do ritmo do mercado, acaba mais cedo ou mais tarde (mais cedo, provavelmente!) perdendo terreno.

A cada dia surgem novas empresas, novos produtos, novas tecnologias, novas tendências.

Ou sua empresa acompanha isso, ou ainda vai "queimar o filme". Por qual caminho você optou?

Primeira Dose!

21 Setembro 2015
Publicado em Blog

Dias atrás participei do XI Mundial de Administração e XXIV ENBRA onde aproveitei para assistir palestras bombásticas e ouvir e conhecer pessoas fantásticas!

Se você é um dos que gostaria de ter estado lá e por algum motivo não conseguiu, não se desespere, pois a partir de agora vamos liberar algumas “Pílulas do Mundial de Administração” (PMA), com insights que tive por lá!

Este ano o tema central foi “Administração Evolutiva: Ciência, Cultura e Inovação. 50 anos de História” e hoje vou compartilhar com você os pontos que julguei mais importantes da Conferência: Empreendedores Online: abordagens fundamentais na construção de um empreendimento que gere valor efetivo com os empresários Flávio Steffens (plataforma de crowdfunding Bicharia) e Augusto Rocha (Pmweb, maior parceiro Oracle Marketing Cloud da América Latina).

Seguem as primeiras PMAs... A primeira dose delas pra você:

1- É necessário pensar diferente os negócios hoje. Trinta por cento das 500 Maiores empresas do mundo de 1990 não existem mais, e 50% das maiores empresas do ano 2000 também já não existem mais! O que fazer para manter-se no mercado?

2- Defina o foco para o seu negócio e especialize-se nele. Com a web, um nicho muito específico pode ter uma grande quantidade de pessoas interessadas e você pode ganhar em escala, porque o seu mercado não fica restrito a um local geográfico limitado;

3- Gere informações relevantes para os seus clientes. Clientes precisam de informações confiáveis para tocar o seu negócio. Seja imprescindível para eles;

4- Com foco, você pode transmitir a mensagem certa para o consumidor certo e com o conteúdo certo. Isso é agregar valor com um custo muito mais baixo do que “atirar para todos os lados”;

5- A indústria migra para o e-commerce e a convergência para dispositivos móveis é uma realidade. O número de e-mails que envio e recebo de meu notebook tem reduzido dia após dia. Não porque tenho tido menos contato com as pessoas, mas porque minha comunicação passa muito mais por whatsApp, Instagran, Facebook, LinkedIn...do que pelo tradicional email. O mesmo não tem acontecido com você? Observe as tendências... o mundo estará em nossas mãos (literalmente!) através do nosso smartphone logo, logo. O que sua empresa tem feito a respeito?

6- Os seus maiores concorrentes daqui há 2 anos podem não ter nascido ainda. A concorrência vem cada vez mais de onde não se imagina. A maior empresa de hospedagem do mundo (maior do que a maior rede de hotéis, a Rede Hilton) nasceu em 2008 e não possui um apartamento sequer! Mas possui mais quartos ofertados do que todos os sites de hospedagem do mundo, juntos! Estranho? Não faz sentido? Não parece nada estranho ou sem sentido para seus clientes, que já fizeram mais de 30 milhões de reservas via Airbnb!

7- Perfeccionismo excessivo é inútil. Faça um protótipo e deixe que o seu cliente o valide;

8- Não se apaixone por sua ideia de um novo produto, serviço ou empresa. Quando estamos apaixonados não enxergamos os defeitos. Deixe que seus clientes os julguem, os critiquem. Aprenda com os erros e promova melhorias rapidamente;

9- Trabalhe com algo que esteja alinhado aos seus valores pessoais. O seu dia e a sua vida serão mais felizes e produtivos!

E aí? Destes 09 itens, com quais você mais se identificou? O que tem feito para melhorar suas forças ou neutralizar suas fraquezas? Tem aproveitado as oportunidades que esse mundo novo tem lhe apresentado? De onde virá seu maior concorrente futuro? Pense sobre isso.

Aguardo os seus comentários! Todos têm algo a ensinar!

Grande abraço!

Comentários